Visão crítica da relação entre jornalismo e democracia

Os interesses econômicos se encontram cada vez mais por trás do jornalismo. (Imagem: Free-Photos/Pixabay)

O discurso predominante na imprensa afirma que o jornalismo e a democracia são inseparáveis, mas a realidade não é bem esta, neste início da era digital. Primeiro lugar, porque este paradigma foi criado no final do século XIX quando o ambiente informativo era bem diferente do atual. Em segundo, porque a história já nos deu suficientes exemplos de que a democracia precisa do jornalismo para sobreviver, mas não há uma recíproca inversa. E em terceiro lugar, porque as tecnologias digitais tornaram o jornalismo mais essencial na produção de conhecimento do que na sustentação de um sistema político.

Ao criar uma suposta interdependência entre jornalismo e democracia, as elites políticas e empresariais dos Estados Unidos e Reino Unido, por

Continue lendo no Observatório da Imprensa.