Condenado por estupro, Robinho se finge cidadão de bem apelando a Deus e à família

Robinho com camiseta escrito “Jesus” em letras garrafais ao se apresentar no Santos. Foto: Reprodução

Condenado por estupro em 1ª instância na Itália, Robinho não foi bem recebido pela opinião pública do Brasil na sua tentativa de voltar ao futebol do país, por meio de um contrato com o Santos, seu ex-clube.

Para contornar as críticas, o jogador, declaradamente bolsonarista, quer se fazer de cidadão de bem.

Na primeira entrevista após a condenação, ele afirmou que seu único arrependimento foi ter traído a esposa.

Além de apelar à família, o convertido cidadão de bem não demorou para mostrar seu arrependimento usando o nome de Deus.

Ao firmar contrato com o Santos, ele se apresentou com uma camiseta com uma estampa escrito “Jesus” em letras garrafais.

No perfil do Instagram, descreve-se como “cristão” e “seguidor de Cristo”.

Após a vexaminosa entrevista deste sábado (17), o jogador publicou um story lendo a

Continue lendo no Diário do Centro do Mundo.