Agenda Urbana do Clima propõe ações para ambientes mais inclusivos

(Foto: Divulgação)

A Agenda Urbana do Clima propõe 10 ações para a construção de ambientes mais inclusivos, justos e resilientes, guiados pelos eixos de saúde, mobilidade e emprego.

Mais de 80% da população brasileira vive nas cidades (IBGE, 2015) — onde os efeitos da mudança do clima estão cada vez mais frequentes: ondas de calor, enchentes, falta de água, poluição, entre outros.

Falta 1 mês para as eleições que vão escolher os próximos prefeitos e vereadores. Os futuros gestores serão responsáveis por implementar programas para cuidar das pessoas e, para isso, devem considerar as causas e consequências da mudança do clima nas cidades.

Ao longo das próximas semanas, os temas da Agenda Urbana do Clima serão apresentados, relacionando sua importância e impacto na vida das pessoas.

Acesse www.agendaurbanadoclima.com

Continue lendo no Observatório da Imprensa.