Aliados de Bolsonaro dão camisetas em troca de assinaturas para novo partido do presidente

A praça principal de Breves, uma das cidades do arquipélago do Marajó, no Pará, ficou lotada na última quarta-feira,7. O motivo: apoiadores de Jair Bolsonaro distribuíam camisetas com a imagem do presidente. Anunciadas como “gratuitas”, as camisetas, na verdade, tinham um preço: os interessados tinham que assinar uma ficha de apoio à criação do partido Aliança pelo Brasil, de Bolsonaro.

Neste dia, foram distribuídas 120 camisetas, que renderam 120 assinaturas, segundo um dos organizadores relata em vídeo. Nos dias seguintes, foram pelo menos outras 600. Até o começo de outubro, o Aliança pelo Brasil, novo partido que Bolsonaro tenta criar desde o fim de 2019, só tinha conquistado 36,7 mil assinaturas. São necessárias ao menos 492 mil eleitores em no mínimo nove estados para colocar o partido no mundo.

Pelo direito eleitoral, a prática pode ser considerada compra de votos, segundo advogada especialista em direito

Continue lendo no The Intercept.