Há outras perguntas para se fazer ao presidente

Continue lendo no Balaio do Kotscho.