STJ define hoje se mantem Witzel afastado e Planalto pressiona

O Superior Tribunal de Justiça define amanhã se vai referendar ou não a decisão do ministro Benedito Gonçalves que, na sexta-feira, afastou de seu cargo o governador fluminense Wilson Witzel. Há críticas à decisão, principalmente por abrir o precedente de um único ministro, em decisão monocrática, afastar um governador eleito. (Valor)

Uma das críticas levantadas é de que Benedito estaria se posicionando para uma vaga no Supremo. Ele não é candidato, lembra Bernardo Mello Franco. De acordo…


Continue lendo no Canal Meio.