Guedes quer fim do abono salarial por Renda Brasil

O impasse para construção do sucessor do Bolsa Família segue. O ministro Paulo Guedes propõe extinguir o abono salarial — o valor, pago a 23,3 milhões de trabalhadores que recebem até dois salários mínimos, representa anualmente R$ 18,3 bilhões. Seria o suficiente para arcar com 83% do novo benefício, o Renda Brasil. Hoje, o Bolsa Família paga em média R$ 190 mensais a 14 milhões de famílias. O presidente Jair Bolsonaro gostaria de atingir 20 milhões de famílias e pagar pelo menos R$ 300…


Continue lendo no Canal Meio.