A Terra é redonda: Enigma submarino

Enquanto boa parte da população brasileira se recolhia em isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus, uma onda de calor ameaçava os recifes de coral do litoral do Nordeste, que compõem um dos ecossistemas mais ricos dos nossos mares. O risco que o aquecimento global representa para essas formações é apenas uma das grandes ameaças para a conservação dos oceanos, tema do nono episódio de A Terra é redonda.

 

O apresentador Bernardo Esteves conta como só alguns anos atrás cientistas descreveram um imenso recife que ocorre na foz do Rio Amazonas. A descoberta tardia, tema de uma reportagem da piauí, é sintomática de como ignoramos a riqueza biológica que há no fundo dos mares, e que corremos o risco de perder se não fizermos nada para frear as ameaças aos oceanos.

A pressão sobre os mares pode comprometer a nossa capacidade de explorar os recursos

Continue lendo na Revista Piauí.