Bolsonaristas atacam Supremo com fogos e ameaças

Um grupo de 30 bolsonaristas lançou fogos de artifício contra o prédio do Supremo Tribunal Federal, em Brasília, no sábado. Gritando palavras de ordem, dirigiram ofensas e mesmo ameaças aos ministros Corte — entre elas, a pergunta se o recado havia sido compreendido. O protesto também se voltou contra o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, que desalojou na Esplanada dos Ministérios o acampamento da milícia dos 300, igualmente pró-presidente, e proibiu aglomerações na área,…


Continue lendo no Canal Meio.