Bolsonaro é um presidente genocida

O Brasil está totalmente na contramão do mundo. É criminosa a propaganda do governo “O Brasil Não Pode Parar”, recém-divulgada. Não há outra forma de qualificá-la. O presidente Jair Bolsonaro já deixou de ser uma ameaça à saúde pública. Ele está causando dano à vida dos brasileiros.

Esse tipo de propaganda desinforma e desorienta a população. Estimula as pessoas a correr mais risco e expor outros cidadãos ao perigo.

Não se sabe o que falta para o Congresso Nacional dar início a um processo de impeachment. O caminho mais curto seria o procurador-geral da República, Augusto Aras, ter algum brio e denunciar o presidente da República por crime comum. Essa denúncia obrigaria o Congresso a analisar com mais celeridade um afastamento de Bolsonaro da Presidência do que um impeachment clássico, porque é um processo que demora.

Mas nada acontece porque Bolsonaro vem destruindo as instituições brasileiras, que ficam caladas. Ele fez um acordo

Continue lendo no Blog do Kennedy.