“Incendiário”, “inacreditável” e “contraditório”: imprensa europeia analisa pronunciamento de Bolsonaro sobre coronavírus. Por Daniella Franco

Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/YouTube

Publicado originalmente no RFI

Por Daniella Franco

Para o jornal francês Le Monde, o presidente “minimiza os riscos relacionados à pandemia da Covid-19 ao criticar as medidas tomadas em diversas cidades e Estados do país, em um momento em que um terço da população mundial é colocada em confinamento”.

O diário também destaca que Bolsonaro acusou as mídias do país de propagar “histeria”, diante da pandemia que já causou mais de 18 mil mortos no mundo. “O Brasil está protegido da doença, segundo ele, devido ao clima quente e a população majoritariamente jovem”, reitera a matéria.

O jornal Le Parisien lembra que, no momento do discurso de Bolsonaro, o Brasil contabilizava 2.201 casos de coronavírus e 46 mortes. “Mas as deficiências do sistema de saúde, além da pobreza e a insalubridade nas quais vivem uma grande parte da população, ameaçam agravar a epidemia na primeira economia da América Latina”,

Continue lendo no Diário do Centro do Mundo.