Bernie Sanders não pode ser subestimado na corrida democrata

Em duas semanas com o pé na estrada para acompanhar prévias nos estados de Iowa e New Hampshire, é prudente dizer que o senador Bernie Sanders não pode subestimado na corrida democrata pela candidatura à Presidência dos Estados Unidos.

Sanders tem conseguido mobilizar os jovens, colhendo os frutos de um movimento que ele começou em 2016, quando disputou e perdeu a indicação democrata para Hillary Clinton. É um candidato que transmite uma mensagem contra o establishment. Não tem imagem de político tradicional, apesar de ser senador há décadas.

Ele tem um piso alto nas pesquisas. Está bem nos levantamentos nacionais. Nas pesquisas estaduais, aparece em primeiro ou segundo lugar. O desempenho é diferente de 2016 porque agora há mais candidatos. Ou seja, a disputa está mais fragmentada.

Há quatro anos, ele ganhou de lavada de Hillary Clinton em New Hampshire. Nas primárias da última terça no Estado, venceu apertado Pete

Continue lendo no Blog do Kennedy.