Miliciano ligado a Flávio Bolsonaro é morto em operação

O ex-capitão Adriano da Nóbrega, acusado de comandar a mais antiga milícia do Rio de Janeiro e suspeito de integrar um grupo de assassinos profissionais do estado, foi morto nesta madrugada de domingo. Foragido há mais de um ano, o ex-PM é citado na investigação que apura a prática de “rachadinha” no antigo gabinete do […]


Continue lendo no Painel Folha.