Bolsonaro e Moro entram em choque

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou uma reunião com os 27 secretários estaduais de segurança para levantar a possibilidade de desmembrar o Ministério da Justiça e Segurança, tirando do ministro Sérgio Moro a segurança pública. Ele havia despachado com Moro horas antes, mas não o convidou para o encontro. A provocação do presidente ocorre por conta da disputa pelo comando da Polícia Federal. Bolsonaro havia tentado indicar um nome para o lugar do delegado Maurício Valeixo em setembro, mas o…


Continue lendo no Canal Meio.