Como o dinheiro desviado de Angola veio parar na Paraíba 

Esta reportagem faz parte do Luanda Leaks, projeto do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, o ICIJ, com sede em Washington, DC. O Luanda Leaks reúne 120 profissionais do ICIJ e mais 36 veículos de 20 países, que investigaram negócios da empresária Isabel dos Santos, a mulher mais rica da África. No Brasil, participam do projeto a revista piauí, a Agência Pública e o site Poder360. Esta reportagem foi produzida pela Agência Pública.

“Eles não economizaram aqui”, afirma, solícita, uma das vendedoras dos 130 apartamentos do Solar Tambaú, empreendimento imobiliário de luxo à beira-mar em João Pessoa, na Paraíba. “Além dos milhões e milhões que colocaram aqui para comprar o terreno, ainda investiram bastante nos apartamentos. Ele trouxe tudo o ‘top do top’ de construção no mundo”, afirma a jovem vendedora, sobre seu chefe português.

De fato, na construção do edifício não houve um traço de austeridade: os R$ 20 milhões que, estima-se,

Continue lendo na Revista Piauí.