Cada vez mais atual, Paulo Freire ensinava liberdade e democracia

“Eu sonho com uma sociedade reinventando-se de baixo pra cima, em que as massas populares tenham, na verdade, o direito de ter voz e não o dever apenas de escutar. Esse é um sonho que acho possível, mas que demanda o esforço fantástico de criá-lo. Quer dizer: para isso, é preciso que a gente anteontem já tivesse descruzado os braços para reinventar essa sociedade”.

***

Assim termina o depoimento de Paulo Freire na conversa com o dominicano Frei Betto sobre educação popular, reproduzido no livro “Essa escola Chamada Vida _ Depoimentos ao repórter Ricardo Kotscho” (Editora Ática, 1985), que ainda pode ser encontrado na internet.

A ideia foi do próprio Paulo Freire, que chamou Frei Betto para fazerem juntos esse livro.

Mais do que um novo ensaio sobre esse tema, já tratado por ambos em outras obras, eles queriam contar um pouco da sua experiência, lembrar como as coisas foram

Continue lendo no Balaio do Kotscho.