O que só Bolsonaro sabe sobre o caso Marielle?

O universo tem mistérios que jamais vamos entender. Um deles é essa mania que Jair Bolsonaro tem de oferecer matéria-prima para os que tentam, sem sucesso, entender os seus mistérios. O que leva o presidente a parar o carro oficial na frente do Palácio da Alvorada para despejar sobre microfones e gravadores uma frase como essa: “No caso Marielle, outras acusações virão. Armações! Vocês sabem de quem.”

Sem dar nome aos bois, Bolsonaro soou como se apontasse a língua para Wilson Witzel. Isso porque, em outubro, o presidemte acusou o o governador do Rio de Janeiro de “vazar informações” e “manipular” as investigações sobre o assassinato de Marielle Franco, para incriminá-lo.

Naquela ocasião, irritado com uma reportagem da Rede Globo, Bolsonaro disse que, 20 dias antes da veiculação da notícia, recebera de Witzel a informação de que um porteiro havia enfiado seu nome no inquérito sobre a execução de

Continue lendo no Blog do Josias.