Memória do óleo

O celular toca no bolso de Mirian Ribeiro Santos, 47 anos, por volta do meio-dia do dia 27 de outubro. Do outro lado da ligação, um conhecido fala sobre a possibilidade de as praias de Canavieiras estarem manchadas pelo mesmo óleo que, desde o dia 30 de agosto, atingia praias nordestinas. Canavieiras, no Sul da Bahia, faz fronteira ao Norte da região dos Abrolhos, onde está o Parque Nacional de Abrolhos, a maior biodiversidade marinha do Oceano Atlântico Sul. Como é domingo, e muitos voluntários estão incomunicáveis, Ribeiro segue para a Praia de Atalaia verificar a informação. Antes, buscou três voluntárias em pontos diferentes da cidade. De frente para o mar, encontraram a areia de cinco praias tomada de preto. Ao final do dia, Mirian e os outros voluntários tinham retirado 200 kg de óleo das praias.“Foi uma tristeza ver aquilo. É a mesma sensação diariamente”, diz. Mais de um

Continue lendo na Revista Piauí.