Governo terceirizado: Guedes, Moro e Olavo estão no comando do Brasil

“Bolsonaro não governa, ele se vinga” (Fabio Porchat, no Porta dos Fundos).

***

Como aconteceu em 1969, durante o impedimento do marechal Costa e Silva, o Brasil vem sendo governado desde janeiro por uma junta.

Sim, só que desta vez é uma junta formada por civis.

Em lugar dos comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, o triunvirato que governa o Brasil de fato é integrado pelo banqueiro Paulo Guedes, que cuida da Economia, o xerife Sergio Moro, responsável pela Segurança Pública e o aloprado astrólogo Olavo de Carvalho, que lá do seu exílio nos Estados Unidos manda na Educação e Cultura, nas Relações Exteriores, e no resto.

Para completar a terceirização do governo, o plenário do Senado deve aprovar nesta quarta-feira a PEC 48, que na prática institui o sistema semiparlamentarista de governo, a partir de 1º de janeiro.

Chamado de “sistema semiparlamentarista informal”, a estrovenga transfere ao Senado

Continue lendo no Balaio do Kotscho.