Mourão vai à Argentina tentar normalizar relações

O presidente Jair Bolsonaro convocou ontem à tarde o vice Hamilton Mourão e determinou que seguisse à Argentina para participar, hoje, da posse de Alberto Fernández. A decisão do governo, ontem de manhã, era de não se fazer representar na posse presidencial do principal vizinho. “É um gesto do presidente para que as relações voltem ao normal”, explicou Mourão a Valdo Cruz. O tom de Bolsonaro mudou. “Acho que dá para a gente conviver”, disse, acrescentando que torce por Fernández e que…


Continue lendo no Canal Meio.