Censura digital

A Justiça brasileira recebeu mais de 2,8 mil ações de políticos contra a divulgação de informações, desde 2012. De cada 9 casos, 5 foram concedidos em algum momento, resultando na remoção do conteúdo. O Facebook é a empresa mais acionada, citada em quase 60% das ações. Já o político que mais tentou remover conteúdo nos últimos cinco anos foi Jair Bolsonaro, com 34 pedidos. O =igualdades desta semana mostra os números da censura política digital, reunidos pelo projeto Ctrl+X, da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

De cada 9 pedidos, 5 foram deferidos pela Justiça em algum momento, resultando na retirada de conteúdo do ar. Outros 3 foram indeferidos, e um não foi julgado

O Facebook foi o principal alvo dos pedidos de remoção de conteúdo, sendo acionado 1.656 vezes. É quase 5 vezes o número de pedidos direcionados ao Google, em segundo lugar. 

Nos últimos

Continue lendo na Revista Piauí.