Eduardo Bolsonaro e mais 17 punidos pelo PSL

Eduardo Bolsonaro e mais 17 deputados foram punidos pelo PSL por tentarem afastar o presidente do partido, Luciano Bivar. O filho do presidente Jair Bolsonaro, junto com mais três deputados, pegaram a maior pena: um ano de suspensão. O deputado perde a liderança na Câmara, já que fica proibido de participar de comissões, assinar listas e falar em nome da sigla no Congresso. Eduardo só manterá o comando da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional até o final do ano por ter sido eleito…


Continue lendo no Canal Meio.