Insegurança com Brasil e preços difíceis de calcular afastam gigantes de leilão do pré-sal

Foi muito aquém do que esperava o governo federal o megaleilão do pré-sal realizado ontem. Das quatro áreas oferecidas ao mercado, apenas duas foram vendidas — pelo preço mínimo. Nenhuma das gigantes estrangeiras entrou na disputa. Ao invés de arrecadar o mínimo de R$ 106,5 bilhões que esperava, virão para os cofres públicos R$ 69,96 bi. Pior: foi a Petrobras a principal compradora de ambos os blocos. O de Itapu vai ser explorado em 100% pela empresa e, o maior deles, de Búzios, tem…


Continue lendo no Canal Meio.