Início Portais The Intercept Treta no PSL: Bolsonaro prometeu ordem no Brasil, mas nem militares e...

Treta no PSL: Bolsonaro prometeu ordem no Brasil, mas nem militares e PMs seguram o caos do governo

O Brasil parou para acompanhar uma grotesca briga pelo controle do PSL nessa semana. O baixo clero recém-empoderado pautou o país ao protagonizar uma disputa pelo controle do partido de aluguel que abrigou o bolsonarismo. Estão em jogo os R$ 350 milhões do fundo partidário do PSL para as eleições do ano que vem.

A treta foi feia, cheia de ataques, espionagens, grampos, ameaças e xingamentos entre os representantes da chamada nova política. O racha não se deu por divergências ideológicas ou programáticas, mas por grana e poder. Bem vindos à “nova era”.


A briga começou bem ao estilo bolsonarista de fazer política: com uma fofoquinha de rua, em frente ao Palácio. Um fã abordou Bolsonaro na rua e gravou um vídeo-selfie gritando “Bivar e Bolsonaro, juntos por uma nova Recife”. O presidente então pediu para o rapaz não divulgar o vídeo, porque o presidente

Continue lendo no The Intercept.