Exercícios isométricos: como entrar em forma sem mover um músculo

Treinar os músculos é pura aritmética de forças opostas. Se o exercício é dinâmico, uma força ganhará de sua contrária: o haltere se eleva porque você faz uma força maior que seu peso, corre porque sua força é maior do que a que te retém contra o solo, salta porque utiliza uma força maior do que a da gravidade e cai após um salto com vara porque a gravidade acaba ganhando a partida. Mas também existe a possibilidade de que as duas forças sejam idênticas e contrárias. Empurre uma parede e mantenha um livro com o braço flexionado em um ângulo de 90 graus. Você se cansa? É porque está fazendo um exercício conhecido como isométrico, não está movendo nada, mas os músculos estão tensionados. “É um tipo de treinamento em que um estímulo ativa as placas motoras (fibras nervosas associadas ao tecido muscular) e há uma contração muscular, mas


Continue lendo no EL PAÍS Brasil.