Washington também renega celebração para Cristóvão Colombo

Washington, a capital dos Estados Unidos, soma-se este ano à lista de 130 cidades e oito Estados do país que há uma década vêm suprimindo a celebração da festa conhecida como Columbus Day, o Dia de Colombo, e a substituem pelo Dia dos Povos Indígenas. Na semana passada, o Distrito de Columbia (nome, aliás, derivado de Colombo), onde fica Washington, votou por suprimir o feriado neste ano. Colombo, determinaram os legisladores locais, “escravizou, colonizou, mutilou e massacrou milhares de povos indígenas nas Américas”. A figura do explorador, associada nos EUA mais à sua italianidade (era genovês) que à história da Espanha (país ao qual servia), tornou-se um símbolo polêmico nos últimos anos.

Seguir leyendo.


Continue lendo no EL PAÍS Brasil.