Início Portais Observatório da Imprensa Porto Alegre se agacha para Bolsonaro

Porto Alegre se agacha para Bolsonaro

(Foto: Luciana Marques/Divulgação)

Lamentável o surto de censura na Câmara de Vereadores de Porto Alegre sobre a exposição de cartunistas.

Censura rima com ditadura, tortura, grossura – coisas que emergem agora de maneira muito feia na casa política que deve representar a cidadania da civilizada capital gaúcha.

Todo mundo tem o direito de rir ou de chorar diante das charges, que podem ser muito boas ou muito ruins.

Isso depende da opinião de cada um, que é livre para gostar ou desgostar do que vê.

Um vereador da cidade saiu a percorrer a exposição, com celular em punho, para gravar o seu vídeo de indignação com a mostra. Resultado: a presidente da Câmara, Mônica Leal, acabou proibindo a exposição, alegando “falta de respeito ao presidente da República, falta de limite e de bom senso”.

Cabe a pergunta: que limite, que bom senso, cara-pálida?


Continue lendo no Observatório da Imprensa.