Drible de Flávio em CPI da Lava Toga mina blindagem do Planalto entre bolsonaristas fiéis

Nos últimos dias, algo incomum ocorreu entre apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Nas bolhas por onde eles circulam no mundo virtual, era raro, para não dizer impossível, encontrar críticas contra o mandatário ou em desfavor de qualquer um de seus três filhos políticos: o senador Flávio, o deputado federal Eduardo e o vereador Carlos. Bastou uma articulação nebulosa do senador Flávio contra a CPI da Lava Toga, para essa barreira de contenção ser superada. Desde a noite de segunda-feira, é comum encontrar memes e reclamações nas redes sociais contra o filho mais velho do presidente, apelidado por ele de zero um. Essa comissão pretende investigar supostos desvios de conduta e improbidades cometidas por ministros de tribunais superiores.

Seguir leyendo.


Continue lendo no EL PAÍS Brasil.