Foro de Teresina #65: O sequestro do ônibus, o aparelhamento bolsonarista e a desigualdade brasileira

O Foro de Teresina analisa o uso político do sequestro de um ônibus no Rio de Janeiro, a tentativa de Jair Bolsonaro interferir nos órgãos de controle do Estado e o recorde brasileiro em desigualdade de renda.

Bloco 1: Witzel vai para as cabeças (2:35)
Ao comemorar o abate do sequestrador de um ônibus na Ponte Rio-Niterói, o governador fluminense promove uma estratégia de confronto que já provocou pelo menos 882 mortes em ações policiais desde o início do ano.

Bloco 2: O ataque de Bolsonaro aos órgãos de controle (14:23)
O presidente revoga o discurso de campanha e abre espaço para indicações políticas no Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), enquanto tenta intervir nos comandos da Polícia Federal, do Ministério Público e da Receita Federal.

Bloco 3: Um fosso cada vez mais profundo (30:25)
Novos dados mostram o aumento da desigualdade de renda por mais de quatro

Continue lendo na Revista Piauí.