Bolsonaro recusou pedido de Moro para indicar Dallagnol à PGR

Bolsonaro recusou pedido de Moro para indicar Dallagnol para a procurador-geral da Repúbilca para substituir Raquel Dagde.  Após desse bastidor com exclusividade no “Jornal da CBN – 2ª Ediçãp, continuei a apuração

A soliciacão foi anterior as revelações da “Vaza Jata”, que mostram a corrupção do sisistema judiciário e o modus operandi ilegal  das ações de Deltan e Moro na força-tarefa da Lava Jato. Ambos comportaram-se como justiceiros e extrapolaram seus poderes funcioniais. Isso está maios do que provado série de reportagens de veículos sérios da imprensa brasileira e jornalistas profissionais que compartiharam o arquivo do “The Intercept Brasil”. Houve uma corrupção do sistema judiciário.

No começo da Vaza Jato, de junho para cá, Moro voltou à carga. Insistiu em Deltan Dallagnol e ouviu um não. Bolsonaro teme, segundo auxiliares, ser vítima de inquérito aberto por Dallagnol para tirá-lo do jogo eleitoral de 2002.

Perdeu força a possibilidade de Raquel

Continue lendo no Blog do Kennedy.