Amapá e Rondônia deixam de poder pegar empréstimo com garantia da União

Os Estados do Amapá e Rondônia deixaram o grupo que, por conta dos seus gastos, podem pegar empréstimos com garantia da União. No sentido contrário, o Piauí estava impedido de fazer operações com esta garantia e voltou ao conjunto devido à melhoria no caixa.

As informações constam em relatório divulgado pelo Tesouro Nacional nesta 4ª feira (14.ago.2019). Eis a íntegra.

O relatório informa ainda que outros 6 Estados (Acre, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná e São Paulo) correm risco de serem rebaixados e perderem a possibilidade de pegar os empréstimos. “Para esses Estados, faz-se necessário esforço maior em aumentar a receita e cortar gastos”, diz o texto.

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

Na legislação, apenas os Estados e municípios ranqueados como A e B podem pleitear o crédito. O governo federal, porém, encaminhou em junho 1 projeto de lei que permite que os Estados ranqueados como nota C possam pegar


Continue lendo no Poder 360.