Defesa de Lula pede ao STF compartilhamento dos dados da Vaza Jato

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou um habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal, à zero hora de hoje, pedindo que o ministro Alexandre de Moraes compartilhe as conversas da força-tarefa da Lava Jato que foram vazadas e apreendidas na Operação Spoofing.

As conversas teriam sido captadas por hackers presos na operação. Estão sendo reproduzidas pelo site The Intercept e outros veículos, incluindo o UOL.

Nelas, o ministro da Justiça e ex-juiz, Sérgio Moro, o coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol, e os procuradores trocam instruções, impressões e suspeitas relativas aos processos que resultaram na prisão de Lula e de outros acusados. Além supostas tentativas de incriminação de ministros do Supremo Tribunal Federal.

Alexandre de Moraes é o relator do inquérito número 4.781 que investiga fake news contra ministros do STF. Ele requisitou à 10ª Vara Federal todo o material apreendido com os hackers.

O advogado Cristiano Zanin

Continue lendo na Tales Faria.