Foro de Teresina #60: A canetada de Toffoli, a chapa de Eduardo e o cachê de Dallagnol

O Foro de Teresina analisa a decisão de Dias Toffoli que beneficia Flavio Bolsonaro, a indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada brasileira nos Estados Unidos e os planos de Deltan Dallagnol para lucrar em cima da fama da Lava Jato.

Bloco 1: Laranjas e favores (2:13)
A defesa do senador Flavio Bolsonaro pediu, e o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, acatou: foram suspensas todas as investigações que envolvem dados de órgãos de controle financeiro como o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sem autorização judicial prévia.

Bloco 2: Hambúrgueres e privilégios (16:17)
Intercambista, falante de inglês e ex-funcionário de lanchonete, o deputado federal Eduardo Bolsonaro foi aventado pelo pai, o presidente Jair Bolsonaro, para a vaga na embaixada do Brasil em Washington. Juristas divergem sobre se é permitido ou não.

Bloco 3: Parques aquáticos e palestras (29:17)
Nos vazamentos da Lava Jato, o procurador Deltan

Continue lendo na Revista Piauí.