Líder diz que PSL punirá quem votar destaques com mais vantagens à polícia

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), disse ao blog que o partido fechou questão não só quanto à aprovação do texto-base: será punido o deputado que votar a favor também de destaques como os que concedem mais vantagens às carreiras da área de segurança.

“Fechamos questão com todo o texto do relator. Sim, será punido quem votar um destaque contra o estabelecido”, disse.

Delegado Waldir argumenta que os policiais já obtiveram uma situação diferenciada das demais categorias: “Conseguimos para os policiais integralidade do benefício e paridade até a data da promulgação, pensão integral e idade mínima de 55 anos. São conquistas importantes.”

Para ele, “não se trata de votar contra os policiais, agora é votar com o país. Para ceder mais, teríamos que incluir centenas de cadeiras. Somos defensores das carreiras da Segurança, mas todos têm que dar sua contribuição”.

A adesão do PSL ao esforço para

Continue lendo na Tales Faria.