Defesa pressiona para que STF julgue hoje parcialidade de Moro

É difícil que a Segunda Turma do Supremo avalie, hoje, o habeas corpus do ex-presidente Lula. Ao longo do dia de ontem, a jornalista Mônica Bergamo chegou a anunciar que o caso teria sido posto, pela ministra Cármen Lúcia, em último na lista de onze processos a ser apreciados. Como esta semana é a última de trabalhos do STF no semestre, nova rodada, só em agosto. Os advogados de Lula pedem aos ministros que considerem o então juiz Sérgio Moro como suspeito — o pedido, anterior aos vazamentos do…


Continue lendo no Canal Meio.