Vazamento sobre FHC joga o PSDB para o lado de Sérgio Moro no depoimento

 

O PSDB não deve fazer carga contra o juiz Sérgio Moro no depoimento de hoje na CCJ do Senado.

O ministro se beneficia da publicação, pelo site The Intercept Brasil, de conversas entre o juiz e a força-tarefa da Lava Jato em que teria sido combinado ignorar acusações contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Ao blog, o líder do PSDB no Senado, Roberto Rocha (MA), nega que uma coisa tenha a ver com a outra, mas deixa clara a sua posição:

“A arapongagem está se transformando numa prática normal e usual no Brasil, e isso é lamentável.  Hoje é com Sérgio Moro, e amanhã? Até agora, não vi nada demais em relação ao ministro Moro.”

Pelo que disse ao blog, Roberto Rocha deverá atacar não a Moro, mas os vazamentos: “Essa prática já é por si só deplorável, condenável, agora imagina vazar o grampo aos poucos, fora de contexto?”

Continue lendo na Tales Faria.