Com economia parada, Brasil de Bolsonaro continua refém da Lava Jato de Moro

Passamos os últimos cinco anos com a economia parada à espera da próxima bomba no Jornal Nacional, com delações e vazamentos da Lava Jato, sob o comando da dupla Moro & Dallagnol.

Agora, que os sinais se inverterem, com a revelação das maracutaias dos dois parceiros da República de Curitiba, o Brasil continua refém da Lava Jato, à espera dos novos lances da Vaza Jato do Intercept de Glenn Greenwald, que desmascarou a farsa.

Nesta segunda-feira, o mercado financeiro reduziu de novo a projeção do PIB para 2019, que ficou pela primeira vez abaixo de 1% (0,93%).

Podemos terminar o ano abaixo de zero, com o PIB negativo e a economia em recessão. E nesse cenário não há sinais de que o desemprego possa refluir.

As mil operações da força-tarefa que, em nome do combate à corrupção, destruíram o sistema político-partidário e a indústria pesada brasileira, provocando a demissão de

Continue lendo no Balaio do Kotscho.