Líder do PSB prevê reforma da Previdência inferior a R$ 800 bi

O líder do PSB na Câmara, Tadeu Alencar (PE), afirma que o plenário da Casa deverá aprovar uma reforma da Previdência com “impacto [fiscal] menor do que R$ 800 bilhões”. Segundo ele, a proposta sofrerá cortes para garantir a sua aprovação.

Alencar diz que o PSB apoiará uma emenda em plenário a fim de reintroduzir regras para Estados e municípios na PEC (Proposta de Emenda Constitucional). “Não tem sentido fazer discussão fragmentada.”

Ele vê “contradição” na retirada de regras previdenciárias novas para Estados e municípios do relatório do deputado federal Samuel Moreira (PSDB-SP), em análise na comissão especial da Câmara.

Alencar considera que a derrubada da criação do regime de capitalização foi “uma vitória muita expressiva da oposição”. Ouça a entrevista concedida ontem ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

Continue lendo no Blog do Kennedy.