Centrão leva regra de ouro à jugular de Bolsonaro

‘Não precisamos de um terceiro turno’, disse Flávio Bolsonaro na Comissão de Orçamento do Congresso

Aliado de lata, o centrão enxergou na ‘regra de ouro’ uma oportunidade para fustigar Jair Bolsonaro. O PR, rebatizado de PL, firmou nova aliança tática com a oposição, dessa vez na Comissão de Orçamento. Com o apoio do PT e do PCdoB, a legenda obstruiu a votação do crédito extra de que o governo precisa para realizar despesas vitais como o Bolsa Família, a pensão para idosos em condição de miséria e o financiamento da safra agrícola. Coisa de R$ 248,9 bilhões. A encrenca foi adiada para terça-feira.

A obstrução foi favorecida pelo quórum baixo. Mais uma vez, o Planalto se absteve de mobilizar sua tropa. Manteve-se inerte a despeito da importância da batalha. Sem o crédito adicional, o governo ficará com o caixa liso em duas semanas. E não poderá realizar gastos previstos no

Continue lendo no Blog do Josias.