Conseguiram! 62% dos brasileiros sentem vergonha, indignação, tristeza e medo

Entre as muitas pesquisas divulgadas esta semana, mostrando a queda da aprovação de Bolsonaro, a que mais me chamou a atenção foi a do Ipespe, que procurou saber o que os brasileiros estão sentindo neste momento, às vésperas do governo completar 100 dias.

O resultado está na coluna de Mônica Bergamo, na Folha:

“A maior parte das pessoas (62%) se diz preocupada, envergonhada, indignada, triste ou com medo hoje no Brasil, segundo pesquisa realizada pelo Ipespe.

Outras 33% afirmam estar esperançosas, alegres e tranquilas; 2% se dizem entusiasmadas e apenas 1%, orgulhosas”.

Quem será que está incluído neste 1%? Gostaria de conhecer estas pessoas para saber seus motivos.

Grosso modo, a pesquisa reproduz a proporção de um terço da população, os que estão otimistas, que votou em Bolsonaro na eleição e lhe continua fiel.

Os dois terços de desalentados constituem a soma dos que votaram em Haddad, anularam o voto,

Continue lendo no Balaio do Kotscho.