A era da mediocridade: um país que estrebucha entre o apocalipse e a melancolia

Sei que este título não é nada agradável para se ler num domingo de sol, mas é o que temos.

Basta correr os olhos pelo noticiário para constatar que o país está estrebuchando, já no prenúncio do apocalipse, mergulhado na mais profunda melancolia.

Se tem um ponto em comum entre os arautos da nova ordem unida é a abissal mediocridade.

De repente, o país se deu conta de que elegeu um bando de loucos, ao completar hoje 83 dias, sem governo e sem nenhuma esperança de que algo possa melhorar tão cedo.

Até os eleitores do “Mito” estão caindo na real e descobrindo que são governados por uma usina de fake news, a colossal mentira que se vendeu a peso de ouro de tolo na campanha eleitoral.

“Nós vamos não só apoiar como vamos bancar a campanha dele. Dinheiro não vai faltar”, disse-me com todas as letras um ás do

Continue lendo no Balaio do Kotscho.