Estamos apenas no 74º dia da nova ordem unida: sobrou alguma coisa boa para contar?

Desisto.

Desde cedo, estou procurando por todo canto alguma história boa para contar aos caros leitores do Balaio para espantar o baixo astral.

Ao final de mais uma semana trágica e tormentosa, com o massacre de Suzano e a prisão dos milicianos amigos acusados do assassinato de Marielle e Anderson, lamento informar, mas não sobrou nada.

Não achei nem mesmo uma pílula noticiosa falando bem de alguém que tenha ajudado uma velhinha a atravessar a rua.

Na quinta-feira, ao saber que o presidente crazy-fake faria mais uma live nas redes sociais, até pensei que seria possível ouvir dele algum plano, qualquer um, que seja bom para o país.

Mas o capitão gastou seu tempo falando de novo da importação de bananas do Equador e dos problemas de trânsito, e aproveitou, claro, para falar mal da Folha.

Em que mundo esse homem vive?

Na véspera de mais um aniversário, já chegando

Continue lendo no Balaio do Kotscho.