Prisioneiros do passado: oportunistas têm cavado postagens antigas para destruir carreiras no presente

Por Rodrigo Constantino | Gazeta do Povo

O comediante Kevin Hart apresentaria o Oscar este ano, mas não deu: encontraram mensagens suas antigas nas redes sociais em que usava linguajar “não apropriado” para falar da homossexualidade. Não importa que o cara seja um comediante. Não importa que as mensagens tinham mais de década. A militância fez sua patrulha e a organização do evento cancelou o convite, enquanto era cobrado um pedido público de desculpas por parte do ator.

Esse caso é apenas uma gota no oceano. Temos visto com cada vez mais frequência a busca por qualquer “deslize” no passado para que carreiras sejam destruídas no presente. O mais novo alvo foi o apresentador da Fox News Tucker Carlson. O Media Matters, uma entidade financiada por gente como George Soros e que se dedica a caçar formadores de opinião conservadores, dedicou mais de cem horas de trabalho para rever


Continue lendo no Blog do Rodrigo Constantino.