Massacre em escola choca o país

Às 9h42 de ontem, G.T.M., de 17 anos, atravessou o portão da Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, São Paulo. Tinha em mãos um revólver calibre 38. Ex-aluno, o rapaz começou imediatamente a atirar contra um grupo de estudantes e funcionários na recepção. Era hora do lanche. Trinta segundos após, cruzou o portão seu amigo, Luiz Henrique de Castro, 25, também ex-aluno. Trazia besta, arco e flecha e uma machadinha. Golpeou corpos no chão e se jogou contra quem tentava fugir. Eles já…


Continue lendo no Canal Meio.