STF decide se Lava Jato será julgada pela Justiça Eleitoral

Jornal GGN – O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar nesta semana se a Justiça Eleitoral poderá julgar crimes comuns, incluindo corrupção e lavagem de dinheiro, relacionados a financiamentos de campanha. São os casos que se enquadram na Operação Lava Jato.

Os processos relacionados a caixa dois e financiamentos ilegais de campanha que se enquadram como casos de corrupção e lavagem de dinheiro da Lava Jato hoje são julgados pela Justiça Federal, na primeira instância. Mas quando estes casos estão diretamente ligados a delitos eleitorais e um recurso vai parar no Supremo, a Corte vem decidindo enviar para a Justiça Eleitoral.

Em busca de padronizar o que pode ou não ser julgado pelos tribunais eleitorais, o Supremo irá definir o caso nesta semana. Trata-se de um inquérito contra o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM-RJ) e o deputado Pedro Paulo Carvalho Teixeira (MDB-RJ), que investiga o recebimento de R$ 18 milhões pela empreiteira Odebrecht para campanhas eleitorais.

Continue lendo no Blog do Nassif.