Wagner Moura e seu “filme não-maniqueísta” para inglês ver

Por Rodrigo Constantino

Por Lucas Berlanza, publicado pelo Instituto Liberal

Não é a primeira vez em que as esquerdices do ator Wagner Moura figuram por estas bandas. Quem por algum acaso tiver há algum tempo o hábito de ler o que produz este escriba, já o terá visto dar as caras mais algumas outras vezes.

Uma delas foi em 2015, quando já se falava que ele estava planejando produzir uma biografia de Carlos Marighella, o terrorista de extrema esquerda que redigiu o Manual do Guerrilheiro Urbano. Na época, Moura dizia que “sempre vai ter uma direita burra, careta, que vai dizer que é um filme sobre um terrorista. (…) Óbvio que há minha admiração por ele, embora não queira fazer um filme maniqueísta. (…) Pode-se até discutir sobre a opção da luta armada, se isso foi bom ou ruim. É uma discussão válida. Mas não me venha com extremismo. Porque essa


Continue lendo no Blog do Rodrigo Constantino.