Procuradores de Brumadinho avaliam já ter provas para tocar o caso

Tudo o que preciso O Ministério Público Federal decidiu não recorrer da decisão do STJ que libertou três engenheiros da Vale e dois da TÜV SÜD. Os procuradores avaliam que têm material suficiente para a investigação e que os envolvidos não representam mais ameaças às provas sobre a tragédia em Brumadinho. Está escrito Os documentos colhidos reforçam a tese de que a […]


Continue lendo no Painel Folha.