PT, PSB e Psol articulam bloco contra Maia para a presidência da Câmara

Os presidentes do PT, PSB e Psol reuniram-se na manhã desta 2ª feira (14.jan.2018) para estudar a criação de 1 bloco de oposição ao nome de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara. O objetivo é tentar barrar o candidato que recebeu o apoio do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Inicialmente, o grupo apoiaria Maia, mas com a sinalização de que o PSL votará pelo demista, os partidos optaram por retirar o apoio.

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

Com o apoio a Maia, o PSL deve comandar a comissão mais importante da Casa, de Constituição e Justiça. O partido também deve ter lugar na mesa caso o demista vença. O espaço dado ao partido de Bolsonaro é criticado pela oposição.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann


Continue lendo no Poder 360.