No Centro-Oeste, veículos digitais avançam mas impressos resistem*

Desertos de notícia são municípios sem veículos jornalísticos, ou seja, sem cobertura significativa de imprensa. (Crédito: Atlas da Notícia 2.0)

Análise quantitativa do panorama sobre a imprensa — impressos e online — no Centro-Oeste do Brasil revela que Goiás, estado mais populoso desta região, com cerca de 6 milhões de pessoas (Censo 2010, IBGE), apresenta o menor índice de veículos jornalísticos online por habitante. Ou seja, no estado foi identificado um online para cada 193 mil pessoas. Ao todo, são 31 sites jornalísticos ativos em Goiás.

Os veículos digitais, por outro lado, surgem com força no Distrito Federal, totalizando 53 sites jornalísticos ativos. Os levantamentos permitem afirmar que temos um online para cada 48 mil pessoas. Esses dados colocam o DF na melhor posição quando se trata da oferta de informações jornalísticas via internet considerando a população de 2,6 milhões de habitantes, a segunda menor da região.

Já em Mato


Continue lendo no Observatório da Imprensa.