Esquerda culpa mulher branca pelo fracasso da “onda azul” nas eleições americanas

Por Rodrigo Constantino

A esquerda “liberal”, com o apoio da grande mídia, esperava uma grande “onda azul” nas eleições de meio termo nos Estados Unidos, com os democratas retomando o controle tanto da Câmara como do Senado. Não deu, e só a Câmara voltou a ter maioria democrata, o que não chega a representar uma grande derrota para Trump, pois essa tem sido a tradição nas últimas eleições.

Como a esquerda não vive sem bodes expiatórios, e jamais faz uma autocrítica sincera de seus próprios erros, foi preciso encontrar um culpado para esse fracasso. E inúmeros esquerdistas apontaram para o inimigo mais evidente: a mulher branca. Ela tem demonstrado pouca força para derrubar a “supremacia branca” da sociedade patriarcal, segundo esses “liberais”.

No Texas, por exemplo, uma campanha intensa e agressiva do democrata Beto O’Rourke não foi capaz de impedir a vitória do senador Ted Cruz em sua reeleição.


Continue lendo no Blog do Rodrigo Constantino.